O que é a "Lab Fantasma"?

Ao longo do tempo, não foram poucas as vezes em que ouvimos essa pergunta. Com a rapidez com que as coisas foram acontecendo, muitas vezes era até difícil responder.
Nascida em 2009 como um coletivo batizado de Na Humilde Crew -, a firma começou vendendo de mão em mão camisetas produzidas artesanalmente. Hoje, a Laboratório Fantasma tem uma bem-sucedida banquinha nos shows e uma grande loja virtual, que responde por uma parcela importante do faturamento da empresa. Referência em merchandising de artistas, já fez parcerias com nomes como Caetano Veloso, Criolo, Ogi e Mão de Oito.

Nossa essencia

Acima de tudo, o Laboratório Fantasma é um coletivo de amantes de arte urbana, fãs de hip hop que optaram por aplicar em suas vidas a seguinte frase de Confúcio: “Escolha um trabalho que você ama e não terá que trabalhar um dia na vida”. Sob essa filosofia, canalizamos nosso amor e conhecimento com a intenção de dar o melhor para ver a história sendo feita e obviamente fazendo parte dela.

Noiz

Muita coisa mudou desde o nascimento da empresa, mas a essência não: acima de tudo, o Laboratório Fantasma é um coletivo de amantes de arte urbana, fãs de hip hop que optaram por aplicar em suas vidas a seguinte frase de Confúcio: “Escolha um trabalho que você ama e não terá que trabalhar um dia na vida”. Sob essa filosofia, canalizamos nosso amor e conhecimento com a intenção de dar o melhor para ver a história sendo feita e obviamente fazendo parte dela também.

Da rua para a rua

Depois das camisetas artesanais, vieram mixtapes, videoclipes, eventos, turnês etc., sempre em esquema “faça você mesmo”. Em 2012, Rael se juntou a Emicida como artista exclusivo da empresa.
Em 2013, depois de muitos eventos produzidos pelo Brasil, a Laboratório Fantasma idealizou seu primeiro grande show: Cidadania nas Ruas, levando 30 mil pessoas ao parque Ibirapuera para ver Caetano Veloso, Tom Zé, Baby do Brasil, Tulipa Ruiz, Marcia Castro, Emicida, Rael, Ellen Oléria e Flora Matos.

Crescimento

Em 2014 a empresa, além de realizar turnês pelo exterior, trouxe artistas ao Brasil, como Valete (Portugal) e Akua Naru (EUA/ALE). Em dezembro, para celebrar seus cinco anos de existência, a Laboratório realizou a primeira edição do festival Ubuntu, com Boogarins, Féfé, Akua Naru, Céu, Rael e Emicida. Bem-sucedido, o evento já tem segunda edição garantida.
Em 2015, foi a vez de entrar em novos ramos de atuação: o lançamento digital do novo trabalho do cantor Chico César, “Estado de Poesia”, do álbum Encarnado (2014), de Juçara Marçal, e de toda a obra do grupo Metá Metá, além da venda de shows de Kamau e artistas internacionais.